Coisas extremamente banais que me afligem #2

Qual é coisa qual é ela que uma vez depois de aberta só te apetece dar cabo dela?
Para aqueles que já se estavam para aí a rir e a pensarem que eu sou a javarda do costume estão enganados, porque eu também sei falar de assuntos sérios. Pois que eu, moça de nobres famílias estava a falar daquela coisa extremamente irritante que por mais que se abra, estique, encolha, vire para a esquerda ou para a direita nunca se consegue encaixar no sítio. E não, não estou a falar em preservativos. Vós sóis sempre a mesma coisa, assim nem dá para ter monólogos educativos que as vossas vozes mentais ecoam por esta blogoesfera e estragam-me o raciocínio!

Estou a falar das bulas! As bulas dos medicamentos são a minha terceira causa de pânico e que me faz perder a paciência. Normalmente começa sempre comigo muito calma a abrir muito devagarinho o papelinho ranhoso para não me perder nas 120 dobras que tem mas que acaba sempre com a minha pessoa a arrancar cabelos, a rasgar o papel e gritar aos sete ventos que vou pôr fim à minha vida! A seguir aos atacadores e às centopeias (ide ver aqui) é das coisas que mais me irrita. Juro que, às vezes, só para não ter de abrir aquela caixinha de pandora sinto-me instantaneamente curada de toda a qualquer maleita que possa ter só para não ter de tocar naquele bocadinho de papel demoníaco. Claro que, de vez em quando, fico pior com os nervos e tenho de tomar um Valdispert mas como nunca me lembro da dosagem tenho de ir à bula e fico na mesma.

Um dia destes ainda me dá uma ceninha má com estas pintelhices todas!

5 comentários:

  1. Ó pá isso é coisa para ficar careca assim de um momento para o outro de tanto arrancar cabelos. E o papel que já não se consegue dobrar da mesma forma? E a caixa que já não fecha? e depois de finalmente se conseguir, com tantos nerves, já se ter esquecido do que se leu e ter de voltar a fazer tudo de novo?? Xiça!

    ResponderEliminar
  2. Deita logo fora. Se quiseres consultar vais às internetes :p

    ResponderEliminar
  3. pagas no "Bule" e fazes um chazinho de camomila que vais ficar mais calminha.

    ResponderEliminar
  4. É uma situação que também me irrita... e agora junta a isso o super poder que eu tenho de abrir as caixas de comprimidos SEMPRE do lado que tem a bula a tapar o acesso aos mesmos. SEM-PRE!

    ResponderEliminar
  5. Ainda há dias escrevi sobre isso no Facebook. Também detesto quando no meio da bula vem lá um bocadinho de medicamento. Quem é que se lembra de enfiar uma Tese de Doutoramento dentro de uma caixa de comprimidos, caraças?

    E os Valdisperts são cocó. Aquilo não faz nada. Podes tomar meia dúzia que ficas igual. :/

    Gostei da tua escrita. Acho que vou ficar por aqui. Prometo não desarrumar nem ocupar muito espaço.

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!