Aquele momento terrível

Em que, sem querer, tocas com as nalgas nos azulejos de uma casa-de-banho pública e ficas a pensar que já apanhaste SIDA, gonorreia, tuberculose, gripe, varíola, candidíase, ébola, lepra e toda uma panóplia de doenças que eu sei que existem mas que nem me quero lembrar delas.
Estas misérias só acontecem porque são uns cubículos tão pequenos em que mal dá para puxar as ceroulas para cima sem bater com os cotovelos nas paredes. Estou de tal maneira que só me apetece regar as bochechas do cú com gasolina e atear-lhes fogo, ou isso, ou raspar a pele com um raspador de limão e depois enfiar-me numa bacia com álcool.
É que fica aqui a promessa perante toda a blogosfera: nem que eu me borre toda nunca mais visito uma cagadeira de shopping.

18 comentários:

  1. Começa a usar lindor.
    Ou então junta te ao clube de pessoas que aprendem a arte milenar de fazer as necessidades mid air, estilo matrix invertido, é o que eu faço.

    ResponderEliminar
  2. O meu problema não foi no equilibrismo (que nisso eu sou muito boa), só que ao rodar para tirar o papel higiénico fiz mal as medidas e rocei ao de leve (AHGGGGGGRRRHHH SÓ DE ME LEMBRAR) com as nádegas na parede.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se daqui a uns anos tiveres um rebento com cascos engravidasteis dos germes satânicos das sanitas publicas. chama lhe lúcifer ou assim, e vai ao programa da Júlia.

      Eliminar
    2. Girl, NUNCA, jamais, vá a um WC sem primeiro retirar uma quantidade substancial de papel higiénico e mantê-lo em ambas as mãos. Só depois pode remover a peça de roupa necessária para a necessidade e assim que precisar, já o tem a postos em duplicado! E não chega, para se ser muito limpinho :D :D Mas a maior é logo :D

      Eliminar
  3. Ca nojo... estou com pena de ti Didi.

    ResponderEliminar
  4. Alguém que me perceba! É isso e tomar banho no ginásio: a coisa até pode estar muito bem desinfectada mas eu imagino sempre os fungos todos a subirem pelos chinelos a pararem sei lá onde!

    ResponderEliminar
  5. Não há problema jovem, os azulejos limpam-se bem :-)

    ResponderEliminar
  6. Eu bem digo que é melhor aprender a mijar em pé contra uma árvore ou um poste de luz, com tudo ao vento... eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre em pé...
      Mas com a idade, os ossos cansam-se mais depressa, o controle da bexiga dificulta o tiro no alvo certeiro e sem splashes :D

      Eliminar
  7. Já me aconteceu deixar cair a mala no chão de uma casa de banho pública. Ainda estou a recuperar do episódio e não era a minha pele! Portanto compreendo-te muito bem.

    ResponderEliminar
  8. Ai filha não prometas isso que mais cedo ou mais tarde todos voltamos a enfrentar o nosso medo das caganeiras de shopping. Vais visitar...não estejas em negação. Reza vinte ave marias que isso passa (e esfrega com sabão azul e branco)

    ResponderEliminar
  9. Ahhh caragos! Ou o wc era minusculo ou a.minha amiga tem um enorme backside! Ahahah
    Nao ha de ser nada mas compreendo te perfeitamente! Brrrrrrrrr

    ResponderEliminar
  10. Se achas que as cagadeiras de shoping são muito apertadas, tenta defecar no macdonald´s. Só de pensar o trauma com que fiquei, fico todo eriçado.

    ResponderEliminar
  11. Ei, miúda, onde andas tu?

    Olha aqui a coelhinha da Páscoa :P
    http://lindaporcaoucheirodeestrume.blogspot.pt/2015/04/linda-porca-sujeita-se-um-desafio.html

    ResponderEliminar
  12. Para que não te faltem motivos para escreveres, aqui fica um desafio: http://rainingdaysandmondays.blogspot.pt/2015/04/fui-desafiada.html#more

    ResponderEliminar
  13. As minhas reflexões e DICAS sobre o assunto:
    http://gritaportugal.blogspot.pt/2014/12/jabardices-porque-me-apetece.html

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!