Amores de Inverno

Ninguém tem uma relação tão profunda como eu tenho com a minha botija de água quente. O comum dos mortais (nomeadamente as gajas) utilizam a botija junto às patas, excepto eu. Eu e a minha botija temos um intrincado relacionamento amoroso nocturno só comparado a um casamento de 30 anos compactados numa única noite.
Adormeço sempre abraçada à botija fazendo-lhe juras de amor eterno. Lá pelas 02h00 da matina empurro-a para as canelas porque já me começa a chatear o facto de quase não me deixar respirar. Às 04h00 empurro-a para os pés porque já não é novidade, colmatando com um pontapé para o meio do chão às 05h00. Pelas 06h00 da madrugada meto o rabinho entre as pernas, admito que fui uma cabra e resgato-a do meio do chão, juntamente com as meias que (não sei como) desapareceram-me dos pés. Peço-lhe, imploro-lhe por mais uma ou duas horinhas da calor e adormeço novamente abraçada a ela.
Claro que isto só acontece nas noites em que o Abade faz o turno da noite e não está em casa. Porque normalmente o que acontece nestas noites é que sou eu quem leva o pontapé e vai parar ao meio do chão só porque lhe encosto os pés gelados às costas. Como se isto fosse uma razão válida para ser enxotada da cama.

18 comentários:

  1. Desculpa mas, por aqui, quando ele faz noite é exatamente igual! lol uma vez adormeci com ela debaixo do braço e fiz uma queimadura...com direito a bolha e tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh pá. Não sei se te disseram mas nunca se deve por água a ferver dentro da botija xD

      Eliminar
  2. eheheh eu não tenho botija, mas o homem coitado toda a noite foge de mim. De manhã estamos os dois em cima da mesa de cabeceira do lado dele :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah. Coitado pá. Deves estar a noite toda a empurrá-lo. Um dia destes põe-te a dormir com os gatos.

      Eliminar
  3. Botija não tenho, mas tenho pés frios para colocar nas costas de um certo Moreno que ameaça todas as noites ir para o outro quarto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois o Abade também se queixa do mesmo. Chega a acusar-me de estar morta, se isto é coisa que diga :D

      Eliminar
  4. Este ano não usei a minha botija de água quente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olááá... temos gaja quente aqui no pedaço :D

      Eliminar
  5. Não tenho botija mas tenho-o a hóme a dormir de conchinha. E o raio do cão que insiste em meter-nos no meio dos dois para ficar mais quente. E as peúgas que saltam dos pés, como a ti. E o cão que de tantas voltas que dá amanhece sempre debaixo dos lençóis, o que outrora era estritamente proibido. Enfim... uma loucura!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só um cão no meio? Isso é para meninos xD aqui são 1 cão e 5 gatos a competirem pela cama. Só que mesmo assim tenho sempre os pés frios.

      Eliminar
  6. Eu tenho sido uma verdadeira promíscua! Nestes dias de frio tenho dormido com duas botijas!
    Aiii... se a minha mae soubesse! Tss tss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Du... duas botijas?! Isso é muito à frente . Isso é uma sanduíche de Maria Varredora Pau de Vassoura. Nem sei se isso é legal aqui em Portugal :X

      Eliminar
  7. Eu começo por pô-la nos pés mas acabo abraçadinha à minha adorada botija...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comigo é o inverso. Começa em cima e acaba em baixo ehe

      Eliminar
  8. Fizeste-me ficar com saudades da minha botija. Tenho que ir à procura dela :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tens um homem na cama todas as noites não precisas da amiga botija xD

      Eliminar
  9. Tão bonito...parece a minha relação de inverno com a minha manta polar...mais flexivel que qualquer homem, principalmente depois de um casamento de 40 anos!

    ResponderEliminar
  10. Botija de água quente eléctrica! Melhor cena de seeeeempre!

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!