A noite em que eu ia finando mas que afinal não finei (mas olhem que andei lá perto)

Esta publicação é dedicada a todas as pessoas que acham que vão ficar eternamente solteiras e que vão morrer sozinhas sendo encontradas dois meses mais tarde já meias mumificadas e porque já o apartamento trasandava a couves de bruxelas podres.
Meus pequenos javardolas não se fiem que lá por estarem numa relação estão safos de finarem sozinhos sem ninguém que se lembre de vós. E digo-vos isto em primeiríssima mão. Eu, que ontem ia morrendo no meio dos lençóis sem ninguém que me acudisse e se pensam que foi por metano em excesso no vale das mantas estão vós bem enganados.
Pois que ontem a meio de um profundo sono, em que eu certamente parecia uma princesa com a baba no canto da boca eis que me engasgo e acordo a sufocar. Tossi convulsivamente cerca de 5 minutos quase sem conseguir respirar e quando finalmente a gosma saiu do goto eu vi a minha vida em flashback e tive de partilhar esta aprendizagem com vós.
Não me atrevi a chamar o Abade (que estava na sala). Estava demasiado carente pela minha experiência próxima da morte e possivelmente ia ser chamada de maricas. Mas de manhã, quando acordei, perguntei-lhe assim como quem não quer a coisa se não tinha ouvido alguma coisa estranha no quarto, quando me diz a personagem que ouviu um ataque de tosse mas que não deu importância.
Maneiras que eu poderia ter morrido tranquilamente a espernear enquanto o Abade na divisão ao lado pensava que não era nada de especial. Querem um conselho? Não arranjem maridos nem mulheres, arranjem animais de estimação, quando mais não seja comem-vos uma perninha ou um bracinho, mas não estarão sozinhos.
E com isto tudo estou a cair para o lado de sono é que ontem fiquei com uma cagufa tão grande de falecer que não consegui dormir mais nada de jeito.

26 comentários:

  1. Respostas
    1. Eu não fumo :-P se eu com dependência de chocolate sou impossível nem quero imaginar com dependência de tabaco.

      Eliminar
    2. Também és dessas?
      Sabes que "eles" dizem que: Comer uma certa quantidade de chocolate pode colmatar carências afectivas.
      Quem come chocolate não precisa do amori, só do tau-tau!!

      Eliminar
    3. Eu acho que sou é mesmo gulosa :-D.

      Eliminar
  2. hehehe Fonix! Olha que a mim se me acontecesse uma coisa dessas também me finaria com certeza mesmo com o gajo na cama ao meu lado. É que ele é uma autêntica pedra. Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos nós as duas estamos safas que temos animais e eles dão logo pela falta. Ufas!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Já não te falta tudo. Mas bom é ter a casa cheia deles :-D

      Eliminar
  4. Curiosamente, já dei comigo a pensar nisso...quantos dias levavam a encontrar-me. Eheheh!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como moras numa terriola era rápido que as velhas andam sempre à cata de novas informações... agora numa cidade é mais complicado que está toda a gente a marimbar-se.

      Eliminar
  5. Sendo assim tenho de pensar seriamente em arranjar um animal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha eu tenho aqui quatro gatos, um cão, um lagarto, um peixe e dois tritões... é só dizeres :-D

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Olha um voluntário! E voluntários é sempre importante!

      Eliminar
  7. lolol
    E não lhe afinfaste???
    Se fosse comigo era ele que sofucava, mas com a tareia que eu lhe daria em cima do lombo! :P
    By the way... nós somos um casal muito fofinho e cutxi-cutxi... que quando um vai para a cama, o outro também vai! E tirando ao fim-de-semana, acordamos sempre à mesma hora! (O despertador só toca uma vez, à mesma hora para os dois....).
    Por isso há sempre que socorra o outro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois mas nós trabalhamos por turnos. Ou seja, há semanas que andamos trocados :) Mas sim, fiquei amuada com ele e fiz um grande filme ehe

      Eliminar
  8. Epá, detesto quando isso me acontece.. e não são poucas as vezes :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se em 28 anos de vida me aconteceu 3 vezes foi muito... e espero que tão cedo não volte a acontecer o.O

      Eliminar
  9. Ai mulher, que horror. Abade inútil!!!! ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os homens são assim... não dão uma para a caixa :)

      Eliminar
  10. Já tirei notas quanto ao cão...e tenho perfeita consciência que o meu "abade" faria o mesmo!! Partilho o dilema...mas não a gosma ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não partilhas a gosma? Atão? Não sejas invejosa lol

      Eliminar
  11. Então não lhe mandaste com uma cadeira à cabeça ?! Homens...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não. Mas fiquei amuada e dei-lhe o tratamento do silêncio que é pior que uma cadeira nos cornos ahaha

      Eliminar
  12. Olá Didi,
    Obrigada pelas palavras que me deixaste.
    Quanto à tua cena de quase teres finado só te digo os gajos são todos iguais... Eu bem podia me acontecer o mesmo, mesmo tendo o gajo na cama comigo, podia morrer que ele não dava por nada... É que isto dorme que nem uma pedra!!
    Pra que eles servem se quando mais precisamos nunca nos acodem??? hihihi
    Beijinho

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!