Há-de pagá-las!!!

O Abade continua numa de se armar em ciclista e toda a gente já sabe o profundo ódio que eu nutro aquela gente que me ocupa a faixa de rodagem toda e jamais e em tempo algum eu iria enfiar a peida em cima do selim de livre vontade, jamais até ontem, quando aquele gajo me disse que nunca iria ter paciência para andar comigo de bina porque para além de eu não saber andar de bicicleta andava cinco metros e caía para o lado.
O que é que ele me foi dizer! Isso lá é coisa que se diga a uma pessoa que odeia ciclistas e exercício físico?
Se há coisa que eu não admito é que me digam que que eu sou uma nódoa a fazer exercício, porque fico ofendida! Aliás, atrevo-me a dizer que fico tão ofendida que chego a ficar sem fôlego!
Ora dito isto, obriguei-o a ir assistir enquanto eu andava bicla pois juro que o irei obrigar a engolir as palavras assim como quando engole terra quando afocinha no chão. Erro crasso! Primeiro que encontrasse o equilíbrio parecia uma avestruz aos ziguezagues enquanto guinchava como um puto a levar umas bordoadas no lombo. Mas lá me consegui endireitar e ficar toda orgulhosa (apesar de o Abade se desmanchar a rir e estragar a minha concentração) até que quando tento parar a gaja e salto do selim para meter as patas no chão bato com o quadro da bicileta mesmo em cheio no pipi!
Se ainda ficasse lesionada por fornicar muito até que era motivo de orgulho, agora ficar lesionada das partes baixas por fazer exercício é para mim motivo de grande vergonha e vexame e espero que ninguém que me conheça do meu dia-a-dia leia isto porque senão vai perder a pouca consideração que tinha por mim.
Só gostava que alguém me tivesse dito que existia quadros para homens e outros para mulheres e que a bicicleta era demasiado alta para mim, evitava este desconforto que me assola o íntimo...

19 comentários:

  1. Mulher, isso vai lá com a prática (depois do pipi estar melhor)! Uns treinos e já andas sem o Mister Banana se rir. xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece que com aquela bicicleta vá a lado nenhum... é uma sensação um bocado desagradável estar muito alta e saber que não chego com os pés ao chão, e para chegar tenho de ficar toda dorida :-D Olha gostei do Mister Banana, acho que vou adoptar esse nome para o hôme.

      Eliminar
  2. Só para dizer que princesa de pantufas e nao sei quê inuteis.. não permitiria que tarados viessem parar ao teu quintal..tu gostas é de gataria e bananas! Aí é que é!
    Beijufas * tua affair *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente é verdade. Tanto que não vi gente badalhoca a comentar era tudo gente de boas famílias :-D.
      E até porque toda a gente gosta de uma bela banana :-D.

      Eliminar
  3. O melhor é arranjares uma bicicleta para o teu tamanho, senão vais ficar toda desgraçada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois fui à Decathlon ver binas e as binas que o meu pipi gostou eram carotas.

      Eliminar
  4. Assolar o íntimo.. literalmente!!! O teu Mr. Banana não te indicou uma bicla de gaja? ele queria ver-te sofrer.. mas hei! antes assim do que uma bicla sem selim!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A dele é de homem, só que entretanto eu tinha uma na arrecadação que tinha comprado há 3 anos atrás (uma ninharia) e nem reparei que também era para homes... mas tenho um par de patins na arrecadação, vou-me dedicar a patinar.

      Eliminar
    2. Olá Bananinha :P
      Acho que sim... ele pedala, tu atas uma corda à bicicleta dele e lá vais tu de patins. Cuidado é com as curvas eh eh

      Eliminar
    3. Quais curvas! Comigo é tudo a direito, até areia como :-D

      Eliminar
  5. Oh mulheri, antum não sabias que aquilo rebenta com a francisca toda ?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu lá tinha andado de bicicleta na vida? Foi uma experimentação dolorosa!

      Eliminar
  6. Por isso é que eu larguei as bicicletas e me dediquei à corrida... assim não corro o risco de esmagar um tomate, ou os dois!

    (tive a ler outros posts, mas para não os comentar todos, digo-te apenas que gostei bastante do que li - principalmente ali aquele teu post assassino da caçadeiras goelas abaixo e da ganza que não deu moca -, e que ganhaste um seguidor! ;) hajam blogs que me façam rir!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohh Mustache, não me digas que também batias com o "pipi" no quadro. ahahahahahahahahah

      Eliminar
    2. Népias man, era mesmo porque o banco me rebenta com o períneo! :D E diz que essa cena de andar de bicicleta provoca a impotência..

      Eliminar
    3. Olá Mustache :-D ainda bem que gostaste aqui desta plantação de bananas. Aqui mesmo que haja desgraças a gente ri-se com elas porque não há paciência para tristezas :-P

      Eliminar
  7. Os quadros para mulher não são por causa do "pipi", porque então fazia mais sentido os quadros para homem serem assim rebaixados. Se no caso das mulheres, cuja anatomia é propícia a encaixar tubos redondos, é doloroso bater com "a testa" no quadro, que dirão os homens, com dois abrunhos mesmo a jeito para serem espremidos contra qualquer coisa que tentem meter entre as pernas. Por isso é que o Lance Armstrong, com o seu monocolhão, se ajeitava melhor no selim e ganhou tantas voltas enquanto a vidinha não deu uma reviravolta.
    "Prontes", só pa dizer que os motivos pelos quais os quadros de gaja são rebaixados, são os vestidos. É que dantes elas adavam de bicicleta ASSIM. xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás a falar a sério? Então porque é que continuam a haver quadros diferentes??? É que depois eu fui fazer um estudo de mercado e realmente pus-me em cima (??) de outras binas que não me aleijavam a bilha.
      Sim, porque eu planeio passar mais tempo com a peida em cima do metal do quadro do que do selim, o selim é demasiado fofo para mim!

      Eliminar
  8. Epá, andar de bicicleta tem que ter a sua ciência. Teria eu os meus 10-11 anos, os meus pais ofereceram-me uma BMX pelo Natal - tipo, o melhor presente que uma criancinha podia receber naquela altura. Bom, passei de uma cangalheira minúscula para aquele belo garanhão e rapidamente dominei a arte de pedalar, qual bailarina ciclista, ninguém me segurava!

    Mas nos entretantos aquilo escangalhou-se com o uso, e a vida já era outra e nunca mais tive bicicletas.

    Até que há praí 2 anos voltei a pegar numa - coisa que não fazia há mais de 15 anos - toda cagona que percebia bué daquilo e tal, mas mal me montei nela, apercebi-me que não me conseguia equilibrar naquilo..OI?! Tão mas não é daquelas merdas que quando se aprende, nunca mais se esquece? Porque é que raio parecia uma monga a operar aquilo??

    Às tantas lá apanhei ao jeito ao equilibrio e aos pedais, mas sempre a medo, não foram poucas as vezes que ia aterrando de fuças no chão (e o pipi só não foi lá que a bicla era minorca muhahah) :/

    Tenho que voltar a arranjar uma coisa dessas he he he

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!