Post impróprio para gente púdica

Foda-se! Estou para lá de possuída com esta merda toda.
Não se admite trabalhar que nem uma mula num trabalho de merda, com horários de merda a ganhar uma merda. No ano passado ainda se suportava bem porque praticamente ganhava todos os meses 900/1000€ e via os clientes burros como um desafio a superar, trabalhava que nem uma loba, é certo, mas no final no mês via a recompensa, agora? Agora ganho a ponta dum corno, uma ninharia, uma merda que parece que estão mesmo a gozar com a tromba de uma pessoa, só me apetece entrar no meu trabalho aos tiros e matar todos os clientes que atiram piadolas a dizer que a gente ganha bem! Era enfiar-lhes uma caçadeira na goela e disparar lá para dentro, cabrões do caralho, e ver as tripas todas a voar e enfeitar candeeiros e balcões. Eu já me imagino a dançar de alegria e felicidade banhada na massa encefálica daqueles montes de merda!
Mas aquilo que mais me irrita no meio disto tudo é que hoje fumei uma ganza, sei lá, não tinha nada para fazer e nunca tinha fumado uma e aquilo simplesmente não me fez nada. Era suposto deixar-me parva? Rir-me que nem uma perdida? Chorar? Ao invés, fiquei a olhar para aquilo e perguntei se tinha de esperar muito, não me bateu moca nenhuma e fiquei na mesma, que frustração... sou imune ao alcóol (não gosto), a ganza não me faz nada e pelos vistos anestesias também não funcionam comigo, mas afinal que ser humano estranho é que eu sou?!
Já faltou mais para eu me passar completamente, e quanto me passar vai ser puta estrondo!

Edit: Adoro o rosa inocente deste blog, uma pessoa até pensa que é um blog decente e com conteúdo e depois leva com post que parece que foi escrito por javardolas qualquer... não se preocupem, eu sou solidária, também eu me sinto enganada pelos filhos da puta dos nossos governantes (e pelo gajo que me deu a ganza, fosse eu xuxar num pacote de leite e estava mais alegre).

Aleluia

E eis que ao vigésimo segundo dia o sacana do periódico deixou-se de merdas e apareceu! Apareceu em grande e em força e posso dizer que neste momento o meu pipi parece a bica da fonte a jorrar de alegria!
Agora estou é com uma granda lua com a TPM, que ninguém me diga nada hoje porque senão hoje é o dia em que eu eafaqueio alguém!
Nota para o men lá de cima: na próxima vida quero ser homem, ok?

São todos iguais

Hoje enganei-me por cinco vezes a preencher um formulário de alteração de titularidade entre dois chinocas.
Porra! Passava a vida a trocar os contribuintes e os nºs de autorização de residência de cada um, isto porque os gajos tem as caras iguais e eu pensava que estava a preencher com os dados de um e na volta estava a preencher com os dados do outro. Era o tio, o pai e o filho a tentarem fazer-se entender num misto de chinês, português e mímica à mistura e uma coisa que demoraria cerca de vinte minutos arrastou-se por uma hora comigo a tentar entendê-los e fazer-me entender. No final lá me explicaram que tinham um restaurante chinês (olha a novidade), espetaram-me o folheto na tromba e disseram pala lá apalecele que me faziam glande discontlo pole sele pla mim, eu disse clalo, clalo, sim, sim, mas quem lá não mete os pés sozinha sou eu porque ainda fico sem um lim.
A impressora do meu trabalho também é Made in China e não tira cópias assim tão boas, onde é que eu posso reclamar este defeito??

I had a dream

Pessoal que perceba o significado dos sonhos é chamado à recepção, isto porque eu duvido que alguém consiga descodificar este. Eu tenho uma leve ideia do que possa ser e talvez uns tempinhos no Miguel Bombarda curassem isto.
Maneiras que parece que eu no sonho agarrei num tira agrafos, posicionei-o em cima do nariz e toca de o apertar para fazer um grande piercing, não contente com isto, agarrei num gancho de cabelo e enfiei-o nos buracos ficando este o piercing escolhido, toda eu era classe com um gancho pendurado nas ventas.
O mais engraçado disto é que eu nem gosto de piercings no nariz. Isto de trabalhar por turnos rebenta com a sanidade mental de uma pessoa.

Cavalheirismo português

Se um dia um dos meus carros ficar parado no meio da via pública e o mê hôme me mandar empurrá-lo eu dou-lhe um tiro, atiro-o fora do carro, atropelo-o e ainda lhe dou um pontapé!
Porque eu sou um anjo e porque não há pessoa melhor do que eu no mundo (cof cof) ajudei uma moça que estava a empurrar o carro a tentar pô-lo em cima do passeio enquanto o seu marido estava confortavelmente sentado com a peida no banco a girar o volante apenas para direccionar o carro para o passeio (que complicado). Até me custou a acreditar naquilo, parei o carro e fui ajudar a rapariga. Ainda mandei um peidinho com a força que fiz e não sei até que ponto é que não saiu um bocadinho de molho com ele, mas o que é certo é que me senti bem por a ajudar e se pudesse ainda a tinha ajudado mais, nomeadamente: livrá-la da besta do marido.
Perguntei-lhe se era bateria porque eu tinha os cabos no Twingo, o boi disse-me que não. Ofereci-me para ir buscar combustível à bomba, rejeitou. Mandei-o à merda mentalmente e despedi-me dela que me agradeceu e segui a minha vida, reparei depois que a rapariga ficou fechada mais os dois filhos pequenos no carro e ele saiu.
Quando cheguei a casa e relatei a coisa à minha mãe e levei uma real piçada ao telemóvel porque segundo ela eu sou uma inconsciente e uma parvalhona porque podia perfeitamente ser uma armadilha para me assaltarem. Claro que na altura isso nem me ocorreu porque eu sou uma tipa fixe e penso sempre em ajudar porque amanhã posso ser eu a precisar de ajuda, mas depois de levar nas orelhas sinto o olhinho do cú a modos que apertadinho só de pensar na possibilidade de ser assaltada.
Olhem que se lixe, para a próxima não ajudo, fiquem parados no meio da estrada a ver se eu me importo que eu sou jovem de mais para ser novamente assaltada!

Desmancha-prazeres

Ó pessoal antes de mais quero pedir aqui desculpas perante Portugal inteiro por não ir visitar e comentar os vossos cantinhos, mas é que quando estou no turno da tarde fico toda atrofiada e não tenho praticamente tempo para nada, é levantar ao meio-dia, tomar o banho, almoçar, passear o cão, e ir trabalhar mas eu juro-vos, juro-vos que assim que tenha tempo para coçar o cú hei-de ir primeiro aos vossos cantinhos!
Maneiras que ontem lá fui eu, Rammstein não desiludiram e deram um espectáculo em que a malta saiu de lá a transpirar, com dores no pescoço, surdos e roucos. Tal como disse o Pavilhão Atlântico é um grande cagalhão para ouvir metal, eu gostava de cumprimentar o génio que concebeu aquela javardeira, mas enfim serafim, aposto que ganhou o concurso através de uma cunha e encheu os bolsos, por mim, não ponho lá os pés tão cedo e eu até queria ir ver Iron Maiden em Maio mas naquelas condições não tenho lá muita vontade.
E para todas as gajas que já andavam a ovular de desespero por saberem o meu resultado, eis que foi.... txam txam txam txam, negativo!
Eu até poderia ficar contente com o resultado, mas não fiquei... isto porque a irmã de uma colega minha que é enfermeira na Maternidade Alfredo da Costa está grávida fez dois testes e ambos deram negativo e aconselhou-me que os testes apenas se devem fazer entre a 3ª e a 4ª semana sem o dito cujo uma vez que antes disso a probabilidade de falsos negativos é muito grande (eu é que não aguentei e fiz mais cedo) uma vez que no caso dela apenas no final da 4ª semana é que deu positivo e eu ainda apenas ainda vou com 12 dias de atraso, portanto, tenho mesmo de esperar e se ele não vier nos próximos 15 dias é que vou tirar a prova dos nove e eu já estava a pensar que me ia livrar de ouvir musiquinhas paneleiras do Noddy e do gayzolas Bob, O Construtor! Oh não, isto parece pior que o pesadelo em Helm Street, daqui nada começo a criar uma gravidez psicológica com os nervos e depois é que são elas! Só me vez à cabeça aquela malta que anda com 3.789 fotos dos filhos na carteira e até me dão uns calafrios.
Quem disse que nascer mulher era giro devia ser atirado de um penhasco!

Wir halten das Tempo

Como por estas bandas é tudo ao molho e fé em Deus lá vou e o mê hôme ver Rammstein. Vai ser brutal porque os gajos dão um grande espectáculo a nível de pirotecnia e interagem imenso com o público, só tenho realmente pena é que seja no Pavilhão Atlântico porque para sons mais da pesada o som fica demasiado distorcido e nunca se consegue perceber muito bem o início das músicas, mas é como quem diz: quem corre por gosto não cansa e nem que fosse um concerto mudo eu estava lá, quanto mais não fosse para ver o guitarrista (gajos não cliquem no link, gajas cliquem no link).
E porque nesta casa não somos a favor da democracia caso eu esteja realmente de balão o puto já vai com bom gosto musical desde o início e se um dia ele me der o desgosto de dizer que gosta de rap, pop, hip-hop, kuduros e afins meto-o logo na Academia Militar para ser espancado e lhe darem a devida educação porque se um filho meu gostar de músicas de embalar é óbvio que eu falhei na educação e alguém tem de lha dar por mim, nem que seja à paulada na cornos!
No meio disto tudo, hoje comprei um teste de gravidez maneiras que amanhã de manhã lá vou eu mijar para o pauzinho e de certeza que vou mijar as mãos porque eu tenho uma pontaria da treta, portanto já sabem, se não aparecer mais aqui é porque deu positivo e eu tive um ataque cardíaco.

Tranquilo, só estou em pânico

E eis que ao 11º dia continuo a ver navios!
Mordo a língua, torço a orelha de todas as vezes que falei mal do periódico que só me estragava os planos e dizia que só devíamos ter o coiso quando quiséssemos emprenhar. Maldito sejas!!! Ando aqui a pedir aos santinhos para vires e nada, é que nem sintomas da tua vinda tenho.
Estou a tentar não entrar em pânico e repito para mim mesma que estou é desregulada e que há-de vir, é só ter tranquilidade que ele há-de vir, mas depois lembro-me que sou uma granda azarada e que me rejo pelas Leis de Murphy, portanto, se alguma coisa pode correr mal, então, certamente vai correr mal. Ainda por cima o meu hôme tirou um curso de sniper maneiras que é certo e sabido que fez pontaria e acertou no alvo!
E depois a juntar à festa tenho uns que me dizem para fazer o teste, mas eu casmurra, não o faço porque é gastar dinheiro à parva porque o coiso há-de vir e depois tenho outros que me dizem para beber cerveja preta quente com canela, ora tenho uns que querem por-me a gastar dinheiro e outros que querem por-me com uma granda caganeira e ter de ir gastar dinheiro à mesma no imodium para parar de me borrar.
Quero agradecer também a um colega meu que teve a bondade de me dizer que eu estou com a barriga maior e redonda, obrigado meu cabrão, porque se realmente eu estiver grávida ainda te desculpo agora se não estiver estás-me a chamar uma granda texuga e eu vou ter de passar fome até 2014 e nunca mais falo contigo na vida.
No meio disto tudo o mê hôme já me informou que se for rapariga será uma Beatriz e se for rapaz será um César e eu já o informei que é bom ele começar a preparar as cenas para o meu funeral, isto só comigo!

Simulacros da tanga

Hoje e pela primeira vez na minha vida fiz um simulacro de incêndio e posso dizer que foi uma granda mer...bosta! Se aquilo era uma preparação para um eventual incêndio tínhamos falecido chamuscados logo ali sentados, de qualquer das maneiras aproveitei para mandar uns clientes dar uma volta ao bilhar grande uma vez que também não ia com muita vontade de trabalhar.
Quando cheguei ao meu local de exploração, perdão, trabalho dizem-me logo que ia haver a dita simulação e que após o aviso teríamos de desligar os computadores, fechar o espaço e sair ordeiramente (eu cá preferia sair ordinariamente mas pronto) pelo corredor técnico e dirigirmo-nos para a rua. Chega o primeiro cliente e informei-o logo para me largar a braguilha e vir mais tarde que não me apetecia aturá-lo, bem... não foi bem assim que lhe disse, mas a intenção mental foi exactamente esta. Do nada, começamos a ver um grande bando de pessoas a sair mas nem um comunicado sobre a evacuação se ouviu, achámos por bem fechar tudo e sair.
Onde é que estava o segurança a dar-nos indicações para sair ordeiramente? Onde é que estava o alarme de evacuação? ONDE É QUE ESTAVAM OS BOMBEIROS JEITOSOS VESTIDOS COM AS SUAS FARDAS JUSTAS??!!
Maneiras que fomos para a rua, ao frio e à chuva (filhos da mãe pá!) enquanto faziam as contagens não sei bem de quê. Lá acabou e começamos a ir para dentro novamente, tanta coisa por uns miseráveis 6 minutos de simulacro e eu a contar que ia ser uma bela hora a coçar a micose e a falar mal das vestimentas dos transeuntes, passam a vida a trocar-me as voltas!

Claro que se isto fosse na realidade eu estava-me a borrifar para toda a gente e desatava a correr enquanto gritava pelos corredores que íamos todos morrer queimados e qual rua qual quê, eu ia ter com o meu carrinho na garagem e possivelmente iam dar com o meu esqueleto todo assado agarrado ao meu twingo porque eu jámé o deixava lá sozinho, logo hoje que tinha posto de 20€ de gasolina e a gasolina está cara!

Agarrem-me que eu vou-me a eles

Entreguei hoje a minha declaração de IRS e posso-vos dizer que estou assim a modos que um bocadinho chateada, não é por nada em especial mas apenas vou receber menos 500€ do que no ano passado na nota de liquidação, coisa pouca, nem me aborrece. A sério, eu nem me importo que me fiquem com o dinheiro todo, eu sou uma pessoa pacífica e apenas desejo uma morte dolorosa aos cabrões que me chulam o rendimento e que no seu leito de morte queiram respirar mas que lhes sejam enfiadas maços de notas enroladinhos dentro da boca e uma mola no nariz para verem o que é bom prá tosse!
O governo é um cabrão, mas a merda da minha empresa também não se fica atrás.
Então não é que aqueles sacanas da contabilidade não pré-preencheram a declaração? Nem a mim e nem a nenhum dos meus colegas, calinas do carulho, se é para fazer um trabalho de merda ponham-me lá a mim que eu faço merda mas com mais categoria.
Com isto tudo, o coiso ainda não me veio mas como eu gosto de vos manter actualizados digo-vos já que se tiver prenha vou instruir o puto/puta nas artes da ladroagem, que é como quem diz, na vida política e depois peço-lhe que me arranje um tacho porque eu também quero chular os contribuintes, não quero ser só eu a chulada, olhá porra!

Como trollar um gajo

Maneiras que com isto tudo lá se passou um mês que me esqueci de tomar a pílula e o periódico ainda não deu ares de sua graça, não me chateio muito, porque sem o comprimido maravilhoso os meus ovários sempre tiveram vida própria e o dito só me aparecia ao fim de 36 dias para além disso eu devo estar tão entupida de hormonas que só lá para o ano 2059 é que era capaz de engravidar.
Mas como sou uma grande malandra, gosto de estar sempre a pregar partidas e nunca me diverti tanto como ultimamente a ver o meu homê a transpirar e a olhar-me de lado quando lhe digo no supermercado "bem, se calhar é melhor começar a aproveitar as vantagens de grávida e ir para a caixa prioritária" ou quando estou a enfardar bolachas e lhe digo ofendida "quié? Não vês que tenho de comer por dois??" ou quando tenho reacções palermas e lhe peço desculpa porque são as hormonas a falar.
O rapaz já nem dorme com isto tudo e está sempre agarrado à conta bancária a fazer previsões. Aquilo que eu me divirto à custa dele é bom demais, só não vou achar piada nenhuma é se chegar ao dia 5 de Abril e ainda não houver a bandeira vermelha hasteada aí sou capaz de ser eu a entrar em pânico e o moço a gozar comigo.
Agora que penso nisto acho que estou a ter um ataque de pânico!