Ode ao médico de família

Médico de família... odeio-te!
Tu que nunca que te interessaste pela minha saúde nem da minha família nem dos utentes do SNS e para passares umas análises ao sangue foi preciso quase te partir os cornos como uma cadeira pois para ti pessoas de 20 anos não precisam de análises ao sangue pois o corpo regenera-se sozinho e eu com uma bruta anemia (tens de me dizer onde é que tiraste medicina); tu que quando te pedi análises à urina porque ardia-me imenso dar uma mija tiveste a lata de me dizer que é normal sentir isso quando se começa a vida sexual e acabei por ir parar as urgências com uma infecção urinária já a atingir o rim... tu que te borrifas para os teus pacientes do SNS quando vi uma entrevista de doentes da freguesia ao lado da minha a dizer que te adoravam que eras super preocupado e até ias a casa das pessoas e tudo... apeteceu-me, sei lá... bater-te com a balança do teu consultório até fazer os 0 aos 100kg em 2 segundos.
Sempre foste assim, um médico preocupado a quem te paga pelo privado.
Médico de família... odeio-te profundamente!

8 comentários:

  1. Esse médico...é como os "fregueses de lista" da mercearia lá na aldeia da minha avozinha: antes perdê-los do que tê-los! Que infeliz. Safa.

    ResponderEliminar
  2. Xiii nem digas nada.
    Eu agora nem tenho médico de família, mas ontem tive de recorrer a uma consulta aberta em outro CS (ya infecção nos rins) e vim de lá estupidamente nada surpreendida com o facto de os doentes conforme vão chegando são metidos ora uns para um médico ora outros para outro... e depois de ver reclamações e outros todos felizes que estavam a ser atendidos rapidamente (felizmente o meu caso e muito bem atendida) lá dentro no corredor pude constatar que o grupo bem atendido era para uma médica cubana super simpática e atenciosa e que estava a despachar rápido e bem o pessoal (e não foi mesmo ao despacha, garanto) e o grupo que reclamava da demora era para um médico portuga que andava ali a passar o seu sapato de vela e em risinhos e conversetas com as administrativas a gozar com uns marroquinos que estavam à espera de serem atendidos... bonito sim sr.
    Médicos... é preciso uma sorte...
    Eu já tive o belo prazer (not) de levar com um médico na urgência pediátrica de Portimão (cubano) que me disse "se os pais têm dúvidas que vão à internet pesquisar" ou seja o sr deve ter tirado o curso pela net só pode... lol
    Dá com a balança nesse e depois empresta-ma que eu levo-a quando for novamente ao hospital aqui também lol

    ResponderEliminar
  3. A ode bem se podia aplicar à minha médica de família... a qual não visito há anos porque até a médica que vai à empresa de vez em quando presta mais atenção aos doentes!

    ResponderEliminar
  4. Graças a deus que as minhas médicas de família (a anterior e a actual) não tinham problemas em passar-me todos os exames que eu quisesse. Até parece que são eles que os pagam!

    ResponderEliminar
  5. E não te esqueças de lhe meter o aparelhómetro de medir a tensão enrolado no pescoço e apertar bem!

    ResponderEliminar
  6. Eu só o deixava falhar uma vez, ou então já tinha feito queixa dele! Há médicos que parece que tiraram o curso em modo "Relvas"... --'

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!