Os meus vizinhos

Queixava-me eu da minha vizinha de baixo que era chata como a potassa e até já lhe tinha feito um upgrade ao seu estatuto passando de "encalhada" para "pega-que-havia-de-morrer-de-avc-quando-me-viesse-bater-à-porta-sem-motivo" quando de repente retiro-lhe esse super estatuto e praticamente esqueço-me dela depois de ter novos vizinhos no piso.
Para começar, a senhoria que lhes aluga a casa havia de ser apanhada e partirem-lhe os cornos à bastonada porque num prédio pacífico a senhora só aluga a casa a escumalha; se antes era um casal de ucranianos que passava a vida em agressões conjugais, depois foi um casal de brasucas que era forró todo o santo dia e até às tantas da noite agora temos aqui um casal de cabo verdianos com dois filhos.
O rapaz deve ter os seus 14/15 anos é super educado... nada a apontar. Os pais, esses nem bom dia dizem. Deve-lhes gastar inteligência serem bem educados, a miúda... a miúda era atirá-la da janela!
Passa o dia inteiro aos guinchos, parece um porco na matança... oiço o irmão aos berros "cala-te", "fala baixo" quando aos pais? Nada, nem um pio... não a mandam calar-se, nem falar baixo.
Já cheguei ao degredo de me encostar a parede e desatar aos berros a mandá-la calar, funciona, durante 2 minutos e depois regressa a chinfrineira.
O meu maior desejo é que o agente da PSP que mora no meu piso um dia destes se passe (uma vez que trabalha por turnos e não consegue descansar) e vá tocar à porta e lhes aplique uma valente multa (e digo multa que é para não dizer qualquer coisa que inclua "balázio" no meio).

Bem feita para a senhoria da casa porque de cada vez que saem da casa partem-lhe tudo e roubam-lhe as mobílias, quem se mete com gente de boas famílias dá nisto.
Volta vizinha de baixo, estás perdoada!

E pronto... começou a guinchar! Que puta, havia de ter nascido muda.

10 comentários:

  1. Com um bocadinho de sorte esses não ficam aí por muito tempo. Mas é mesmo preciso ter pouca sorte :s

    ResponderEliminar
  2. E que tal a seguinte ideia:
    - comprar um tubinho de super cola 3.
    - embrulhar
    - colocar a porta dos ditos vizinhos na noite de consoada.
    Será que vão topar a indirecta?

    ResponderEliminar
  3. LOL.
    parece-me minha querida que está com muito azar com os vizinhos...*)

    desejo mais sorte!

    ResponderEliminar
  4. ahahah Isso é uma cruz que tu carregas.

    ResponderEliminar
  5. Ter vizinhos barulhentos é das coisas que mais fode a paciência, já passei por isso!
    Mas tu precisas de te acalmar mulher, ainda te dá uma coisinha má!

    ResponderEliminar
  6. Ainda bem que só tenho velhotes no meu prédio e que algumas casas ainda não tenham "dono".

    Bjokas

    ResponderEliminar
  7. Diz lá se não preferias uma velha gaiteira.... ahahahah

    ResponderEliminar
  8. Graçaszadeus que não tenho ninguém por baixo nem por cima. Só a velha do lado é que às vezes se esquece de mandar calar a cadela, mas eu mando daqui uma caralhada e ele "alembra-se" logo. lool
    Puta que pariu a vizinhança. Prefiro o último andar e sofrer as consequências do calor no Verão e de uma goteira que me lixa os cornos há cinco Invernos, a ter de aturar escumalha.
    Brasucas é no prédio ao lado. Incomodam um bocado, mais pelo fumo do churrasco no estendal. :/

    ResponderEliminar
  9. É por essas e por outras que me deixei de viver no centro da cidade. E os senhorios que alugam casas a qualquer bicho careta em prédios de gente decente estão mesmo a pedi-las. Pode ser que o PSP acorde indisposto um dia destes...bonne chance!

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!