Didi, a condutora infernal (parte 2)!

Ai ó filha cheiras mesmo mal do pipi... vai lá fazer uma lavagem vaginal, sua porca!
É desta!
Desta vez é que eu vos vou maravilhar com a minha brilhante condução... e mais vos informo que ando cuma sorte do caralho, porque se fosse com vocês tavam logo todos martelados (e digo martelados para não dizer fodidos, mas como sou uma rapariga bem educada limito-me a manter um certo nível de dignidade no blog)!

Diz certa história de embalar, que a Didi desde que tem carta de condução tem a mania que é mais que os outros e recusa-se a andar de transportes públicos a levar com o pivete alheio.
Certo é, que a Bíblia no versículo 53 e capítulo 82 diz que deveremos amar o fédor do próximo, mas como a Didi também não é lá muito católica não segue esse mandamento... aliás, a Didi acha nojento ter de sentar o cú onde toda a gente senta e acha ainda mais nojento ter de enfiar o dedo nariz para inspecções periódicas depois de se ter agarrado num poste onde lá esteve agarrado um javardolas qualquer que teve a coçar o tomate.

Como tal, acha-se no direito de levar o carro todos os dias para o trabalho, e por incrível que pareça, todos os dias tem tido sempre o mesmo fantástico lugar disponível, apesar do estacionamento estar todo à pinha de carros!
Claro que hoje, após um duro debate mental sobre o porquê do Universo me privilegiar no estacionamento lembrei-me de levantar os cabrões dos cornos e o que é que eu vejo?!
"Lugar reservado para Ambulâncias e Veículos de Emergência"
PIMBA... toma lá que já almoçastessssss!!! Há dois meses que lá ando a estacionar o carro logo à primeira enquanto os outros tótós andam às voltas, às voltas, às voltas à procura de um lugar e eu pumba, é logo ali á má-fila!

Agora que penso sobre isso, já percebo as trombas dos outros condutores ao verem-me estacionar o carro, e eu a pensar que era dor de corno... Ah pah, que isto de ter carta é realmente muito divertido...

E para aqueles que já estão para aí a dizer "Eina-pah-que-perigo-e-que-vaca-que-esta-gaja-é" fiquem sabendo que o meu veículo é um veículo de emergência, porque eu chego sempre atrasada, logo, é uma emergência... pumbaaaaaaa!

10 comentários:

  1. ahahah Eu cá acho que fazes bem... se os senhores polícias andam distraídos e não te multam, aproveita!

    Mas olha lá... porque é que a suricata está a cheirar a xafranicha da outra suritcata?

    ResponderEliminar
  2. S*

    Exacto... mas a partir de agora vou mesmo procurar outro lugar lol... é giro é giro, mas não tem piada andar a pagar multas.
    Pois... aquela suricata deve ter um cheiro intenso no pipi, só pode.

    ResponderEliminar
  3. Começas a vestir uma camisinha daquelas de atar os braços atrás das costas que vais ver que ninguém nunca terá coragem de te dizer nada...

    ResponderEliminar
  4. Essa de ser um veículo de emergência por vires atrasada, faz todo o sentido. Vou usar essa desculpa.

    ResponderEliminar
  5. Hahahaha! Simples e prático! Gosto disso! :D

    ResponderEliminar
  6. E achais bem???? Qualquer dia dá-te um fanico e precisas de chamar a ambulância que depois não tem lugar por TUA causa! Nem para ti és boa pá!!! :P

    Nota: Gosto mais da tua outra foto de perfil :)

    ResponderEliminar
  7. Ainda falam dos idosos que circulam em contra-mão... por falar nisso, ainda não fizeste isso, pois não? eheheheheh

    ResponderEliminar
  8. Depois de umas multas isso passa-te, hehe :))

    ResponderEliminar
  9. Aqui há dias, aqui na santa terrinha vi um Punto a estacionar, e pensei que a Didi tinha chegado! Acho que o mal é do carro, não de quem os conduz :P

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!