Vizinha de baixo, minha porquita!

Ora quem lê a Confraria, tipo... desde o início, sabe que eu tenho uma relação ódio-raiva-ódio-morte-esfolava-aquela-gaja-com-os-meus-próprios-dentes com a minha amada vizinha de baixo.

Ela não me diz bom dia e eu não lhe aperto o pipo... é um bom acordo para as duas e assim aprendemos a conviver uma com a outra lançando apenas uns olhares de morte pelo caminho.

Pois hoje de manhã estava eu a cumprir o ritual matinal de meter os fones nos ouvidos e mandar a mensagem de bom dia à mãezinha (nada de gozar) quando vejo aquela assombração a chegar à paragem muito risonha. Eu olhei para trás para ver se era comigo... eu estava sozinha... MEDO.

Diz-me ela: "Oláááá bom diiiaaaaa! Sabes-me dizer se vai passar um autocarro agora?!"
Disse eu (depois de pensar 23 segundos sobre esta atitude): "Bons dias. Está mesmo a passar um... realmente não vale a pena ir até lá abaixo e depois ficar pendurada a meio caminho." e (reparem bem na estupidez)... sorri-lhe AHHHHHGGGRRRRRRRR (não consigo controlar o meu trombil, dá-me sempre para sorrir... merda).

Mas isto não ficou por aqui... eu entro e sento-me.
Ela entra, e com tanto lugar, veio sentar-se junto a minha toda sorridente e a querer meter conversa.

Estou traumatizada.
Maneiras que eu a qualquer momento devo estar a receber uma notificação do tribunal por lhe ter dito "Bons dias" em vez de "Bom dia", que aquela gaja não é de confiança... é louca! Fugeeeeeee!

15 comentários:

  1. Pergunta: Sabes-me dizer se vai passar um autocarro agora?
    Resposta: Deve estar a passar um e espero que te passe por cima.
    AHAHAH

    ResponderEliminar
  2. Se ela for jeitosa, fala comigo que eu ensino-lhe maneiras! :)

    Ai mulher, não te podes preocupar a esse ponto! Uma gaja qualquer armada em puta não merece sequer que penses no facto de ela te dirigir a palavra...

    E provavelmente o problema dela contigo é tu teres um montador e ela não... :)

    Kiss kiss

    ResponderEliminar
  3. é o espírito natalício, aquece corações e adoça as línguas!!! hihih

    ResponderEliminar
  4. Olha, se calhar descobriu o teu blog e tornou-se a tua mais recente fã.
    MEDO! eheheheh

    ResponderEliminar
  5. Se calhar quer-te conhecer melhor... AHAHAHAHA

    ResponderEliminar
  6. Será que ela vai mudar de casa? Eu tive uma vizinha que quando mudou de casa colocou umas bombas para se despedir da vizinhança, já que toda a gente a amava de paixão. Foi lá a PJ e tudo, tu tem cuidado melher...

    ResponderEliminar
  7. Dinona, sempre podes ter uma paixão lésbica por ela lá escondida no interior da tua ealma... e nunca soubeste até hoje no autocarro! *musica de suspense*

    ResponderEliminar
  8. detesto vizinhas assim, medoooo mesmo
    para a proxima finge q tas a falar ao telefone, assm ela desliga

    ResponderEliminar
  9. No fundo, no fundo, no fundo, as vizinhas de baixo até são boas pessoas. Por isso é que devíamos atar-lhes uma pedra ao pescoço e mandá-las para o "fundo" do mar lol.

    ResponderEliminar
  10. isso pa mim n dava...sou 1 ser mto anti social de manhã... e portanto fazer social, de manhã, pa quem não gosto.....naaaannnnnn esquece lá isso...llolololol

    Foge, foge!!! bjs

    ResponderEliminar
  11. Em Londres! Em Londres encontras os guarda-chuva que queres, aos montes! Transparentes e com forma mesmo em "C", ideais para quando chove atravessado =P

    Quanto à vizinha, está a chegar o Natal, começa a época das boas acções :)

    ResponderEliminar
  12. Faltou o singstar as 2 da manhã.. passava-lhe logo a boa disposição, lool, ia ser a mm de sempre!!

    ResponderEliminar
  13. Fizeste a boa acção do dia, já viste? És uma gatinha, pá! Shame on you! :-)

    ResponderEliminar
  14. lolol
    Palpita-me que a tua amada vizinha deu uma pinocada antes de sair de casa ou na noite anterior. Não há nada melhor que isso para fazer o pessoal sorrir logo pela manhã. Digo eu...

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!