Terrores nocturnos...

Raramente me lembro dos sonhos bons, mas no que toca a pesadelos lembro-me de todos!

E hoje não foi excepção, já há coisa de 4 dias que ando a sonhar que levo parelhas de cornos a torto e a direito… e, ou isto é um aviso que coisas fantásticas estão para acontecer ou então já estou a descambar para a loucura!

Mas o problema disto é que os sonhos são horríveis, são mesmo daqueles que uma pessoa acorda angustiada e andamos o dia inteiro com aquelas imagens a remoer na cabeça e inevitavelmente acabamos por andar agressivos com toda a gente.

Se calhar sou só eu que tenho este género de sonhos, pois nunca oiço ninguém a queixar-se disto (talvez porque se esqueçam logo mal acordam, talvez porque não gostem de admitir que no fundo também têm receios…).
Sei que sou um bocado insegura, talvez derivado ao sr. meu pai ter largado a minha mãe e a mim à nossa sorte… mas se fosse esse género de trauma eu andaria sempre a pensar nisso, não? São apenas os sonhos, os malditos sonhos que de vez em quando me vêm assombrar.

Será trauma? Será do stress do trabalho?! Só sei é que pedia uma noite em que continuasse a não sonhar nada (ou pelo menos sonhar com animaizinhos, arco-íris, as Navegantes da Lua, passarinhos ou com o vocalista dos Metallica).

Lá dizem os psicólogos que escrever os nossos problemas ajuda-nos a resolvê-los, vamos esperar para que sim, porque ou isso… ou vou a uma clínica do sono e quero que me ponham a dormir durante 15 dias seguidinhos, bem drogada que é para não dar conta de nada!

5 comentários:

  1. Também já tive sonhos desses. Não é nada bom!

    ResponderEliminar
  2. Ter pesadelos é um pesadelo.
    Em tempos também tinha pesadelos. Via flashs e ouvia campainhas.
    Acho que era devido ao ruído das máquinas, no emprego.

    ResponderEliminar
  3. Eu costumo lembrar-me sempre dos sonhos......e ter muitos déjavus também!!!!!!! Por norma, quando sonhamos com algo que não nos agrada, esse algo não vai acontecer, mas o contexto do sonho indica-nos o nosso estado emocional em relação à pessoa em questão ou perante a situação sonhada!!!! No teu caso, creio que deva ser sinónimo de insegurança mesmo!!!!! Tens de largar esses macaquinhos da cabeça que só nos consome!!!!!!!!!! ;)

    ResponderEliminar
  4. "O ruído de máquinas no emprego", não era de máquinas fotográficas. Eram prensas e laminadores da altura de um 3º andar e com motores de 250Cv e exaustores de fumo dos fornos de fundição, a trabalharem 12 horas por dia (ou por noite, conforme o turno).
    Por isso é que, agora, quando há mudanças de tempo, não há um ossinho que não me doa.
    Elas não matam, mas moem.

    ResponderEliminar
  5. Também já tive uma fase assim.

    Oxalá passe rápido querida... beijinhos

    ResponderEliminar

Opina aqui qualquer coisinha!