Quem sai aos seus...

Estava preparada para ouvir dizer que tinha pedras na vesícula, que tinha botões e moedas no estômago, que isto tudo era ronha para faltar ao trabalho... o que não estava à espera de ouvir, é que tenho uma vesícula preguiçosa!

YES!!!

Mas afinal quando a própria dona é uma preguiçosa nata que para mexer um pé é o cabo dos trabalhos não se podia esperar outra coisa dos órgãos. Então parece que a bicha está sempre num estado contraído (eu também me contraio muitas vezes mas é no metro por causa das bufas). Daí as cólicas, as más disposições, azias e dores...a calona não gosta de trabalhar, pudera... quem gosta?!

Enquanto ela for uma boa habitante aquilo do prédio eu deixo-a estar, afinal de contas eu até sou uma boa senhoria, mas se me começa a dar má vizinhança bem que lhe meto uma ordem de despejo em cima, e que não me venha cá pedir o subsídio de reinserção social que eu não sustento chulos... ora essa, esta vesícula é uma "ocupa", tá cá a viver e não contribui para nada!
Ah e já agora que me lembrei de repente e antes que me passe do pensamento... por acaso reparei hoje que (não sei como) passei de 4 seguidores para 17! O mundo tá para acabar?!


WOW

Andaram aqui a dar amendoins no blog e eu não sei de nada?! Assim de repente o único motivo que me ocorre é estarem cá enganados!
Vós fosteis bem enganados... forte e feio mesmo... se vos venderam a história do “Epah, é blog de culto”, “um blog muito compreensivo”, “um blog com temas interessantes”, “um blog que se preocupa com o bem estar”... é melhor irem pedir o reembolso, que isto aqui é uma bandalheira, os posts não seguem lógica nenhuma, tanto estou a falar de alfaces como a seguir de batatas e depois de pentelhos!

Ou então acham a minha vida tão destrambelhada que aguardam cenas do próximo episódio :-D

Abade + Totobola = Desilusões!

Após o rescaldo das tristes figuras de sábado das quais ainda sai com uma bolha no pé por querer ir toda finesse para a prova de conhecimento eis que o Abade me dá um grande desgosto.

Para quem não sabe o senhor P. é grande adepto de jogar no euromilhões, no totoloto, no Joker, e no totobola… coitado, ele tem a esperança que um dia lhe saia um prémio, ele e toda a gente do planeta Terra, tirando eu… que não acredito em jogos desses e até me recuso a jogar porque se eu não ganho então também não vou ajudar a encher o cú aos outros!

Mas ontem diz-me ele muito contente:
“Bilu biju acertei em quatro terceiros prémios no totobola”


Apesar de eu não jogar, é claaaaaro que fiquei toda contente e já estava a pensar afiambrar-me ao dinheiro. Andei toda excitadinha a ver os prémios anteriores e toda empolgada a ver que eram 200€, 600€ e até 700€ para cima… opah, quase que fiz xixi com emoção, mas como o prémio dependia da quantidade das pessoas que acertavam e no site dos Jogos da Santa Casa ainda não diziam o nº de totalistas tive que aguardar.
Não dormi nada de jeito a pensar no dinheirinho, ai Jesus… e já estava a pensar em gastá-lo com requintes de maldade, e a primeira coisa que fiz mal acordei foi ir à net.

Ainda nem tinha tirado a ramela do olho e já estava cheia de fé frente ao computador.
Nem sei que vos diga… estou desiludida… Não sei para que lado me vire com tanto dinheiro... ganhou-se a módica quantia de 35 cêntimos, que a multiplicar por quatro dá 1,40€.

Bem, talvez o vá gastar num hambúrguer do MacDonald’, num pacotinho de pastilhas, ou em veneno para os ratos para me vingar do Abade por me dar tantas esperanças!
Isto é que é começar uma semana cheia de moral!

Entretanto estou a pensar iniciar uma nova rúbrica aqui na Confraria, que se irá chamar "O CÚ DO ABADE", que irá ser composta por fotos das rectaguardas de sua senhoria em todos os locais que visitaremos! Mas ainda não é certo... bamo ber, bamo ber.

[E com isto tudo, hoje é dia de sair às 17h para ir fazer a bendita ecografia]

Vou ali suicidar-me e já volto!

Como é que eu hei-de por isto sem me chamarem completa atrasadinha mental, destrambelhada, aérea e outros nomes que tais!

Pois bem... é melhor mesmo dizer isto a sangue frio porque eu mereço dor, eu mereço dor e sofrimento por ser um ser tão inteligente e tão dado a pormenores.

Dizem as más línguas que eu me candidatei a um concurso para uma Junta de Freguesia... e parece que na semana passada eu recebi uma carta para ir prestar provas. Até aqui tudo bem, o pior é que eu nem liguei ao que era necessário para as provas de conhecimento... fui para lá toda convencida que ia ser facilíssimo, e mal chego dizem-me assim

Gaja - “Podem por as legislações em cima da mesa para consulta”Tótó - “C-como?... Legislação, isso come-se?! Ah, fáxavor... eu esqueci-me da minha!”Gaja“Mas sabia que tinha de trazer a legislação, não sabia?! Mas não há problema, se souber os artigos faz isso bem.”Tótó – “Sim, Sim, Claro, Claro eu sei a legislação.. e sabia que era para trazer, mas passou-me completamente.”

Mas uma lady nunca dá sinais de fraca. E o que é que eu fiz?? Aquilo que melhor sabia fazer! Inventei, engonhei e desenvolvi os textos!
Mas que merda de prova de conhecimentos, eu á espera de verbos, advérbios, matemática, figuras geométricas e bem que me tramaram.
Fiz tudo bem lindinho, com a mais alta classe e ao fim de 35 minutos ali a escrever no duro enquanto os outros paneleiros só mexiam na legislação, entreguei a prova, que certamente quem a for corrigir vai dar grandes gargalhadas!


Afinal o que é que eu fiz de mal? Candidatei-me e nem liguei ao que era pedido para as provas! Para que é que eu ia ler as letras miudinhas do Diário da República?
Mas calma que isto não é a primeira vez. Já outra vez candidatei-me a uma vaga numa faculdade e não reparei que era preciso um requerimento manhoso, claro que a candidatura foi-me negada. Agora desta vez vi o pedido de requerimento e pensei “Ah cabrões, desta vez já não me lixam”... pronto... mas deixei passar o raio da legislação em branco. Agora só me resta a terceira, e já o povinho diz que à terceira é de vez.


Mas uma coisa tenho a certeza... a boa construção das frases e o bom português também eram contabilizados, se formos por aí vou ter uma excelente nota. E pena tenho eu de eles não pontuarem a imaginação, porque aí... aí eu ganhava de certeza minha gente, porque para as coisas que lá escrevi bem que podiam escrever um livro de ficção científica.

Só me apetece atirar-me da janela...

Tudo é gas...

Tava no outro dia o Sócrates a dizer que os Estados Unidos consideravam o sistema de saúde de Portugal uma maravilha... já agora, a que Portugal é que eles se referiram??? Não deve ser o mesmo onde eu estou certamente.

Desde sexta-feira que ando com uma camada de nervos que nem vos digo nada!

Por causa desta dor maluca com que eu ando que nem dormir me deixa de tão má que é, na sexta passada fui às 11h para o posto médico, esperei... esperei... e quando estava mesmo, mesmo para ser atendida o filho da puta (que não tem outro nome que se lhe chame) manda dizer que não vai atender mais ninguém... e eu cheia de dores no baço/vesícula/fígado! Ainda lá fui bater à porta feita tótó mas o gajo é um cabrão!

Fui no mesmo dia à consulta das 17h e a médica com muita lata diz-me que ou é dor muscular ou é gases... mas que não posso tomar ben-u-ron porque pode afectar o fígado. Mas que raio, então se era muscular ou peidos que mal faz um comprimido? A tipa era burrinha todos os dias... e exames nem vê-los.

Dia de sábado no hospital... desde às 15h30 até às 22h00 após uma carrada de sangue tirada por uma enfermeira carniceira, de uma radiografia e de uns apalpanços da parte do médico eis que me dizem que há grande probabilidade de isto ser pedra na vesícula!

Fixe! Sempre quis uma coisa dessas!

Hoje fui outra vez ao meu médico de família marcar uma ecografia a mando do gajo do hospital e o tipo com muita lata me diz "Vou-lha mandar fazer mas não sei para quê, isto devem ser gases!" (já é a segunda vez que me chamam cagona num curto espaço de tempo).

Claro que sempre há as opiniões de gente entendida na matéria que me diz: "Isso é apendicite que às vezes começa pelas costelas" ou "Não estarás grávida?" ou ainda "Cá para mim isso é ronha para não lavares a loiça"...
Daqui a nada tão-me a dizer que o primeiro sinal de um fungo na unha do pé é uma dor na cabeça...

Ai vida... vamos lá ver amanhã se tenho um calhau na vesícula ou se é frescura para não lavar a loiça!

Que cagaço!

Parece que a trovoada trás ao de cima muito medinho... muita cagufa!

Ok... apesar de eu andar com o baço/fígado/bílis todos esfrangalhados que quase nem tenho vontade de andar, ontem quase que me mijei a rir!

Já sei que o P. não vai gostar que eu escreva isto, mas se servir de consolação fiquem sabendo que se fosse comigo seria bem pior... acho que desatava aos berros às 2h30 da manhã, saia porta fora a correr e ia pedir asilo à minha vizinha de baixo que eu tanto adoro.

A sério... tenho de vos contar! Sempre que me lembro disto apetece-me fazer xixi de tanta risada que me dá!

Como toda a gente já sabe eu sou uma cagona quando troveja, fico literalmente a tremelicar e não suporto estar sozinha, tanto que quando eu era pequena chegava a ir bater às portas dos meus vizinhos e pedia para lá ficar enquanto aquilo não passasse!
Então ontem fui fazer o ÓÓ do costume e acordei por volta das 2h da manhã com um enorme trovão, olhei para o lado e vi que o P. não estava lá (estaria certamente a ver TV) na sala. Pensado isto, levanto-me num repam e desato a correr para a sala... por coincidência o Sr. Abade levantou-se precisamente nesse mesmo instante para ir à cozinha ver os relâmpagos mas entretanto baixa a cabeça, para ver não sei o quê... e quando a levanta depara comigo a correr para ele...

Agora imaginem... tudo escuro, só com a iluminação proveniente dos clarões da trovoada e vocês vêm um vulto vestido de branco a vir a correr na vossa direcção! Qual será a vossa reacção?
O P. agarrou-se à porta muito sério e a falar umas coisas que nem percebi muito bem...

Na altura eu não percebi, estava demasiado assustada para me aperceber que ele se tinha assustado comigo (tá que eu sou feia, mas vamos lá ter calma), a minha única intenção foi ir a correr ter com ele e arrastá-lo pelos tomates para a cama... e assim eu sentia-me protegida!
Mas afinal quem ficou ainda mais assustado foi ele tadinho... nunca mais faço uma coisa dessas ... ainda dava um treco ao moço e ficavamos ali todos estendidos no chão.

Maneiras que a frase vencedora que não me vai sair durante da cabeça durante esta semana é:
"Porra... eu vinha descontraído e olhei para o chão, quando levanto a cabeça vejo uma coisa branca a vir correr contra mim... e... olha lá..."

Mau...

Isto anda muito de fases e eu já não estou a gostar da brincadeira!

Foi a fase de criar blogs e apagá-los, a fase do gastar dinheiro, a fase dos pesadelos e agora acontece-me a fase da hipocondriquice!

Não sei o que é que se passa, mas desde à quinze dias atrás que me começou a dar umas dores cócós no coração... andava preocupada e tal, mas ir ao médico não é o meu hobbie favorito. Pronto, mas a senhora minha mãe lá falou com o meu médico de família e pediu-lhe exames pró coração, mas como de costume o gajo negou-se a passá-los com a desculpa do eu ser jovem e que são impressões minhas... claro que este boi para me passar análises ao sangue quase é preciso um requerimento ao Presidente da República! Certamente o que ele queria dizer era: "Oh minha rica menina, tu pagas 2,38€ por consulta no público, se quiseres pagar 50€ numa consulta privada passo-te análises até para saber se tens fungos nas unhacas dos pés!"

Enfim, parece que o coração apanhou um susto só de pensar que ia fazer exames e a dor desapareceu durante uns dias! Mas depois voltou... claro que achei muita coincidência o desaparecimento da dor calhar com ausência da ventoinha durante a noite, o sr. Abade é um esquentado e todas as noites liga a ventoinha... o que se calhar estava-me mazé a afectar os pulmões e não o coração (afinal é tudo ali como quem vai para coiso, mas é antes).

Depois no domingo levantei-me, espreguiçei-me e fiquei com o braço pendurado... dei um mau jeito no ossinho de encaixe que sempre que mexia o braçinho o desgraçado doía-me.

E HOJE... HOJE... acordo e doí-me o fígado, ou a bílis o que raio seja isto! Mas que coisa... eu que até tenho uma alimentação boa, não bebo... nem nada!
Que desgraça, se com 24 anos já estou assim toda carcomida nem quero imaginar-me nos 65... tou a ver que nem vou ter direito à miserável reforma!

Ah... mais um feriadinho cá pró boxexo!

Como eu gosto dos dias que são feriados... não é que eu desgoste de todos os outros dias... que não desgosto, especialmente se os outros dias forem sábados e domingos!

E pronto, hoje a cara com que eu acordei foi quase assim, como cara de grogue. À primeira vista a foto não tem nada de especial

Terrores nocturnos...

Raramente me lembro dos sonhos bons, mas no que toca a pesadelos lembro-me de todos!

E hoje não foi excepção, já há coisa de 4 dias que ando a sonhar que levo parelhas de cornos a torto e a direito… e, ou isto é um aviso que coisas fantásticas estão para acontecer ou então já estou a descambar para a loucura!

Mas o problema disto é que os sonhos são horríveis, são mesmo daqueles que uma pessoa acorda angustiada e andamos o dia inteiro com aquelas imagens a remoer na cabeça e inevitavelmente acabamos por andar agressivos com toda a gente.

Se calhar sou só eu que tenho este género de sonhos, pois nunca oiço ninguém a queixar-se disto (talvez porque se esqueçam logo mal acordam, talvez porque não gostem de admitir que no fundo também têm receios…).
Sei que sou um bocado insegura, talvez derivado ao sr. meu pai ter largado a minha mãe e a mim à nossa sorte… mas se fosse esse género de trauma eu andaria sempre a pensar nisso, não? São apenas os sonhos, os malditos sonhos que de vez em quando me vêm assombrar.

Será trauma? Será do stress do trabalho?! Só sei é que pedia uma noite em que continuasse a não sonhar nada (ou pelo menos sonhar com animaizinhos, arco-íris, as Navegantes da Lua, passarinhos ou com o vocalista dos Metallica).

Lá dizem os psicólogos que escrever os nossos problemas ajuda-nos a resolvê-los, vamos esperar para que sim, porque ou isso… ou vou a uma clínica do sono e quero que me ponham a dormir durante 15 dias seguidinhos, bem drogada que é para não dar conta de nada!